Novo smartphone da Motorola com tecnologia Android 2.1

depois de um bom tempo sem postar devido as provas, e estudos que estou tendo na faculdade, e pesquisando formas de melhorar o trabalho, agora estou de volta para compartilhar informação a todos.

hoje vou falar sobre o novo sistema #android da google, no novo Smartphone da Motorola.

A Motorola anunciou  o seu novo smartphone habilitado com a tecnologia Android 2.1. O Motorola Defy tem tela touchscreen de alta resolução e é equipado com funcionalidades avançadas de navegação, que possibilitam a visualização de seu conteúdo multimídia com qualidade superior aos demais aparelhos.

O dispositivo é fino e delicado, mas bastante resistente. Suporta água, poeira, areia, bebida derramada ou até queda. A tela tem 3,7 polegadas, é ampla e garante uma experiência de visualização excelente. “Ele é equipado com todas as características que os consumidores esperam de um smartphone. O Defy ainda traz avançadas funcionalidades de navegação, entretenimento e mensagens, com um design que suporta algumas situações do dia a dia, sem comprometer a sua usabilidade”, disse Sergio Buniac, vice-presidente sênior da Motorola Mobility.

A novidade é que o aparelho vem com uma nova versão do Motoblur, que facilita o gerenciamento de emails, mensagens e updates das redes sociais na tela inicial. Ainda tem filtros de personalização para atualizações e contatos, widgets e um portal que armazena dados pessoais e contatos, em caso de perda ou roubo.

O Motorola Defy também traz câmera de 5MP com flash, zoom digital e auto-foco e dois microfones inteligentes que eliminam ruídos de fundo e amplificam a voz do usuário. Há ainda um dispositivo que encontra as letras das músicas que estão tocando e permite encontrar, comprar e baixar músicas a partir do próprio aparelho. Os usuários do Motorola Defy terão acesso a mais de 80 mil aplicativos, widgets e jogos do Android Market, isso sem falar nos serviços Google, como o Google Maps e Gmail.

fonte: News Google.

Apple ultrapassa Microsoft e se torna a maior empresa de tecnologia

Steve Jobs Segurando o IPAD

O valor de mercado da Apple ultrapassou o da Microsoft nesta quarta (26). No fechamento do mercado de ações norte-americano, a empresa – fabricante de Macs, iPhones e, mais recentemente, iPads – chegou a US$ 222,07 bilhões, enquanto o valor do negócio da Microsoft fechou em US$ 219,18 bilhões. Durante o pregão, a Apple chegou aos US$ 227,1 bilhões.

Com US$ 278,64 bilhões, a Exxon Mobil continua à frente das duas empresas de tecnologia como a única companhia americana com valor maior de mercado.

Segundo o “New York Times”, essa foi uma das maiores mudanças já registradas, pelo fato de a Apple ter sido praticamente dada como “morta” há cerca de uma década.

O rápido crescimento da empresa, explica a publicação, também mostra uma mudança cultural: o gosto dos consumidores se sobrepôs às necessidades dos negócios como a principal força de liderança no mercado de tecnologia.

A Microsoft, responsável pela plataforma Windows e o pacote Office, dominou a relação que a maioria dos usuários tinha com seus computadores por quase duas décadas. Mas, como lembra o “NYT”, o teclado das máquinas deu lugar a telas sensíveis ao toque dos telefones celulares inteligentes. “É a maior reviravolta que eu já vi no Vale do Silício”, disse ao jornal Jim Breyer, um investidor que já colocou seu dinheiro em algumas das empresas de tecnologia de maior sucesso.

As ações da Apple valem hoje dez vezes mais do que há dez anos, um resultado da revolução do consumo de eletrônicos provocada pela empresa, que passou a vender produtos com estilo diferenciado, de fácil manuseio, como o iPod, iPhone e MacBooks.

“O Futuro dos Livros Infantis

O futuro dos livros infantis.

Preparado? Então, respira fundo, e GO! Entre na viagem do futuro dos livros infantis. Confira a aplicação de um livro meclado com um iPhone, da MobileArt do Japão. Um futuro MUITO PRÓXIMO te garanto. Você compra o livro na livraria, faz o download do aplicativo via iTunes e GO!

Na verdade eu acredito que não sobrará espaço para o papel. Mas, a aplicação a seguir dá um certo fôlego para os livreiros pensarem em algo melhor.